Image Map

Ser Feliz É Assim (Jennifer E. Smith)

   SER FELIZ É ASSIM..

Sabe, é sempre muito mais que difícil pra mim, falar dos livros que mais gosto (louco, isso, não?). E tipo como se o romance pudesse captar uma parte tão grande de voce mesma, como se te lesse, sabe?! Daí voce acaba se identificando demais com os personagens, a trama, e tudo parece lembrar o mundo á sua volta.. (Amo demais quando isso acontece, mas não sei porque não consigo fazer boas resenhas quando me deparo com um livro que me desperte essa sensação!)

Á LA ELEANOR & PARK (DETALHES)

ELLIE, é ruiva (E tbm se chama Eleannor, se voce tiver ai se perguntando) é uma menina linda e simples que tem uma história com o passado que a envolve, de certa forma; ela e a mãe vivem numa pequena cidade litorânea no Maine (DOS STATES, CLARO, NÉ? Aliás uma coisa que eu gostaria de saber se realmente tem essa cidade nos U.S.A, ou se foi algo que a autora trouxe pro livro..), onde elas se refugiaram dos tais escândalos do passado, algo de que a mãe da menina quis protegê-la. Mas, claro que não vou contar.. porque é algo essencial no romance que prende a gente e de certa forma faz a gente ficar ali agarradinho a ele (Sabe, como é?) Me senti tbm meio sem querer largar, e ao mesmo tempo queria saber o que acontecia no final e terminar logo, mas queria que durasse mais.. HAHAHAHA (Aloka, sou dessas!) 
ELLIE & GRAHAM LARKIN

Bom, e tem o Graham, todo galã, fofo, seus olhos claros e cabelo de superstar (Á la STERLING KNIGHT; sério mesmo, eu li o livro todo pensando nele como o Graham!). Só que a coisa mais comum do mundo é a gente, enquanto adolescente, se apaixonar por um ídolo teen, seja bandinha ou um ator de cinema, disso todas nós sabemos que NÃO É QUE FALTA! Só que o que a gente não vê, é um romance surgir entre um CARA LINDO/ESTELA DE CINEMA e uma garota legal (SIMPLES E ANÔNIMA) que vive no interior do país, de repente se conhecerem MEIO QUE ASSIM, SEM SABER QUEM É QUEM, GRAÇAS A UM E-MAIL ENVIADO ERRADO.

Não era a intenção de nenhum dos dois, claro! Mas.. acontece, é a vida! E ás vezes, QUERIDA AMIGA, a vida trás a voce alguém que voce não contava que iria conhecer.. (Clichê? Que seja.. Mas, sei lá, num romance isso pode, NÉ?!!)

Então, a Ellie teve sorte? Bom.. Pareceu que pra ela foi meio um PROBLEMA (oque eu falei sobre o passado e de como a mãe queria proteger a filha dos escândalos?) Bom, eu fico por aqui! E se quiser descobrir o restante, terá, é claro, que ler o livro.


              BÔNUS: DICA DE FILME (StarTruck)

(DISNEY FILME ''MEU NAMORADO É UMA SUPER ESTRELA'')

Voces talvez percebam algumas coisas em comum no livro com esse filme, eu acho que pra mim foi fácil ligar a ele, já que fiquei imaginando o GRAHAM IGUAL O STERLING! Bom, claro que é sempre ''um filme'' diferente o que a gente faz na nossa mente, mesmo com as semelhanças que ás vezes voce faz com alguns filmes, mas.. Fica aqui a dica! E se voce ainda não viu o filme, e já leu ou vai ler o livro, eu super te indico ver esse filme antes ou depois. Curtam muito a DICONA, e depois voltem e me digam a opinião de voces, certo?!


(ABRIL 2016, Yasmim Ramos)                    
                        Fiquem com Deus!                        

[Filmes] Os mais esperados para 2016

  Como eu era antes de você
Gente, aqui eu paro pra perguntar SERÁ QUE TEM UM POSSÍVEL SER HUMANO VIVO QUE NÃO SE DERRAMOU TODO (OU PELO MENOS FICOU ARREPIADO) COM O TRAILER? Eu acho impossível que alguém não tenha ficado tocado. Imagina quem já leu, e há tempos não se aguenta de ansiedade pra chegar logo julho, e todo mundo ir correndo pros cinemas (com o CRUSH, AZAMICAS, ou sozinha mesmo) com seus lencinhos de papel na mão, e chorar e rir e ficar lá grudadinho na telona na companhia de Lou e Will.. Não sei voces, mas eu SIMMMMMMMM! (MUITO!)

 Alice através do espelho.
3.jpg (537×410)
CARACOLIS! Tomei um susto (bom) quando vi os primeiros teasers. Não imaginava que continuariam o filme de ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS. Desde 2008 até agora, são pra mais de 8 anos.. E pra gente que é fascinada por essa menininha louquinha e tão amada do nosso Queridíssimo Lewis Carroll desde que eramos pirralhos e pirralhas, o que dizer senão, THAAAAANK YOU, a esse produtores maravilhosos.. (Tim Burton na direção deixando as coisas ainda mais bizarras, né?) E, tem mais, ainda tem estréia pra MAIO, isso aí! (Pra quem não sabe, por acaso maio é o mês de meu aniversário, haha! PRESENTÃO PRA MIM!) Podem ficar com inveja..

 Procurando Dory.
d9-1024x768.jpg (1024×768)
"Com licencinha crianças da fila do cinema!! EU JÁ VOU AVISANDO QUE NÃO VOU DEIXAR VOCES PASSAREM NA FRENTE, porque cara, estamos esperando pra encontrar DORY nada menos que 12 anos!!  E voces nem eram nascidas ainda.."  (É! Essa vai ser o que todos nós que já estão aqui pra casa dos 20 e poucos irão dizer, haha, quando formos aos cinemas falar BALEIÊS DE NOVO!)

Orgulho e Preconceito e Zumbis.
Olha, pra ser bem sincera eu nem gosto de ZUMBIS! Sério, nem consigo assistir The Walking Dead sem fechar os olhos o tempo todo e do meio pro fim de um único episodio, já saio correndo seja com quem for que tiver assistindo.. Mas, eu tô mesmo curiosa pra saber como serão as versões Á LA ZUMBIS de Lizzie e Mrs. Darcy! (p.s. se eu não for lá assistir voces, MIS AMIGAS, me contam? Pormetem?!) 

 A Escolha.
montagem A Escolha.jpg (700×393)
Nicholas Sparks Maníaca (E boba romântica assumida), claro que eu tô esperando ansiosa pelo próximo! Não foi assim tãaaaaaaao emocionante, ver o trailer, digo, como foi com quando vi os de O MELHOR DE MIM e de UMA LONGA JORNADA (que eu por acaso me apeguei tanto àquele Cowboy tudo-de-bom que era o Luke e tal), mas também tô curiosa pra ver esse. Confesso que ainda tenho que ler o livro, mas não tenho frescuras de deixar pra ver o filme depois e tal.. Gosto do mesmo jeito! Claro que ás vezes eu gosto mais ainda do filme depois de ler o livro, mas de qualquer forma, o importante é que é sempre ótimo uma boa dose de romance.. Ainda mais se tratando do REI DOS ROMANCES, tio Nicholas, né mesmo?! 


 Yasmim Ramos    
Fiquem com Deus!
             

2 filmes com histórias tocantes e descontraídas (Pequena Miss Sunshine & Histórias Cruzadas)

Pequena Miss Sunshine

Fazia algum tempo que não assistia um filme que me tocasse da maneira como ele me tocou.. E eu não tô dizendo no sentido de voce fica toda ''Aí, me fez chorar..'' Não, não! Nada disso. Vou explicar! O Negócio com A PEQUENA MISS SUNSHINE é a que te faz refletir bastante. Inspirou também.. (nao sei se vai te inspirar, se voce ainda não viu o filme, não como a mim, pelo o menos. E acredite, eu que estou atrasada, porque a tempos adiava e adiava, e sempre quis assistir ele, mas deixava pra ver depois depois e depois. O resultado é que, acho que meio que todo mundo já viu, e eu é que tô atrasada, haha)

yxeqs6vo1gw8ntvi6klm.jpg (1400×933)
Olive

A Olive não é menininha mais linda?! Pra mim sim, ficava só amores tipo ''OWN, MAIS É MUITO LINDA, GEEENTE!'' mas eu sou assim mesmo. Só que, fora o fato de ela ser a menininha mais fofa, ela também faz a gente se ver nela, sabe? E, talvez seja essa a grande mensagem do filme. A família bot o pé na estrada pra perseguir o sonho da pequena..

Nos ensinando a valorizar quem mais importa na vida da gente (família)

E isso é incrível, porque eles podem ser a família menos normal que já se viu (kkkkkkkkk EU RI DEMAIS O FILME INTEIRO), mas oque não se pode negar é o amor, a confiança, a força e a coragem que eles passam um pro outro.  

O vôzinho da Ollie, o irmão que parecia viver no mundo da lua, o tio em recuperação recém chegado de um hospital psiquiátrico depois de tentar suicídio.. E o mais importante é que, como família eles não escondiam isso, sabe? Encaravam o que eram e as circunstancias, respondiam as perguntinhas da Ollie (Quem nunca? Quando uma criança começa a fazer seus questionamentos e a gente fica meio com vergonha, sem saber bem o que responder.. porque certas coisas na vida, decidimos que é cedo demais pra que saibam) com sinceridade. Isso eu admiro muito!

E.. O melhor de tudo, é que mesmo em se tratando de situações que encaramos na vida da gente como BICHOS DE SETE CABEÇAS, eles conseguem passar isso com tanta com leveza  no filme, até a gente rir (feito louco) de coisas bobas que a maioria de nós já passou por algo parecido. 

 
tumblr_n0g8ffvuhM1s2ntk9o3_500.gif (500×216)

COM CERTEZA VOCE VAI VIRAR FÃ  DESSA FAMÍLIA DE LOUCOS ADORÁVEIS! E vai ter muita muita, mais muita vontade de  adotar essa pequena pra voce (haha), se isso fosse possível! E vai rir muito muito mesmo, Garanto! 

Purple Heart Emoticon

Dica-de-filme-Historias-Cruzadas5.png (600×264)
Histórias Cruzadas

Vi esse filme, mais ou menos nos dias que vi A Pequena Miss Sunshine, não que tenha algo a ver, mas acho que talvez o fato de tratar um tema serio (como o preconceito racial) com leveza e fazer a gente ao mesmo tempo rir e ficar tocado. Uma amiga me fez ver com ela, e olha,  ainda tenho que agradecer a ela por isso..

Emma Stone é Skeeter (o filme é ambientado meio que por volta dos anos 60),  a moça que começa uma "revolução'' se puder assim dizer. E fato é que ela é branca e recém formada na universidade, é determinada e tem opinião própria  que começa a se revoltar quando volta pra casa dos pais e descobre que a empregada que cuidou dela a vida inteira foi demitida pela mãe enquanto ela esteve estudando fora. Mas, aparentemente sem explicações, sem nem escrever pra se despedir.

historias-cruzadas-5.jpg (1024×677)
The-Help-25.jpg (1800×1196)
the-help-movie-image-bryce-dallas-howard-octavia-spencer.jpg (1807×1200)
Uma sociedade movida a aparências

(A cidadezinha do Estados Unidos era Jackson, no Mississippi) Skeeter começa a escrever seu livro (The Help)  com a ajuda da Abbileen, que é empregada domestica negra e cuida da criação de crianças brancas.. Ela dedicou a vida a essa ocupação principalmente depois da morte de seu filho.

Depois de Abbiellen, conhecemos a Minny que é algo como sua melhor amiga. É a personagem mais forte, expressivamente falando, no filme. Tem um temperamento forte, determinado.. É uma mulher admirável também, mas do tipo que apesar das dificuldades e do preconceito que cerca os negros naquela época, ela não tem medo de ser ela mesma, e não é do tipo que leva desaforos pra casa. Uma das partes melhores, sem dúvida é a ''vingancinha'' de Minny á ex-patroa mulher que mais inferniza com a vida dessas pobres coitadas, :/ (SÉRIO, DÁ VONTADE DE ENTRAR NO FILME, E ESGANAR ESSA MULHER!)

Outra situação no filme, que desperta a atenção da gente é quando Minny enfim consegue outro emprego, desta vez na casa de  Celia, que por acaso, apesar de não ser negra, também acaba sofrendo com a exclusão da tal "sociedade'' das patroas da cidadezinha. Voce vê que Celia é uma pessoa boa de verdade, uma patroa que não trata Minny com preconceitos. Tudo que ela busca é ser aceita também! A coitada passa mal bocados sempre que tenta uma aproximação das socialites, principalmente porque seu atual marido é ex-namorado (ou talvez ex-noivo) da tal da Hilly (a ex-patroa da Minny)

large.gif (500×269)
large.gif (500×243)
shocked14.gif (500×220)
A  Lição que fica

O que eu mais pude aprender com essa bela estória, foi que quando mulheres fortes e guerreiras como essas são oprimidas pela mesma sociedade que exalta umas enquanto excluí injustamente outras, voce pode perceber que é possível fazer da união uma só força! E foi o que as personagens principais fizeram, talvez até sem querer, mas se a vida colocou a elas nos caminhos umas das outras naquele momento. E o que mais se pode admirar foi a coragem que tiveram.. Em especial, nossa escritora, Skeeter, por começar a reunir as estórias de cada uma das empregadas e assim colocar  a cada uma delas em seu livro (sem poder revelar muita coisa, e tendo que ocultar os nomes verdadeiros. Era o maior que podiam imaginar alcanças, na época em que as mulheres ainda não tinham uma voz que as permitiam ir além, assim mesmo, valeu cada segundo desse filme!)  


Esse é um daqueles que indico pra todo mundo, principalmente mulheres que ainda sofrem preconceitos, seja pela não aceitação na sociedade em que vivem, ou mesmo, (ainda) o preconceito racial, que é o pior, e ainda causa indignação em muita gente por estar tao presente mesmo nos dias atuais.

 Yasmim Ramos    
Fiquem com Deus!

Mais um pra lista dos desejados de 2016 (The Art of Disney: The Golden Age postcards)

The-Art-of-Disney-Notecard-Set.jpg (700×758)
THE ART OF DISNEY (1937-1961)

Já imaginou ter em casa essa edição, esse Box com 100 postcards mais lindos dos desenhos da Disney desde a idade de ouro. Incrível, né? Se pudesse ter em mãos os esboços e artes exclusivas que só a Disney é capaz de criar, e voce podendo ter cem delas em casa (aiai, sonho!) Sem falar nessa caixinha, gente! Vê se não é um amor?! Assim em forma de livro, e voce abre ela e THANÃAAM, seus postcards dentro..      Sparkling Heart Icon 

Eu já tô aqui sonhando com eles! Pena ser tão caro.. Essa edição só está disponível em inglês, e se voce for adquirir, aqui no Brasil, claro que fica bem mais caro pelo fato de ser importado.  Logo aqui abaixo voce vê mais detalhes no video e alguns sites daqui e de fora que voce pode encontrar o box pra comprar. Adicione também na sua estante do Skoob! (THE ART OF DISNEY)

            (VEJA MAIS DETALHES NESSE VIDEO)

Onde encontrar: etsy.com / Livraria cultura / Amazon